Publicidade

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Carro de Subprefeitura de SP invade corredor de ônibus e atropela três

Matéria publicada originalmente pelo Portal G1

Mulher teve traumatismo craniano; duas crianças atingidas passam bem.
Motorista trabalha em subprefeitura da capital e estava em serviço.

Veículo da Subprefeitura Freguesia do Ó/Brasilândia envolvido no atropelamento. Imagem TV Globo

Uma mulher e duas crianças foram atropeladas por um carro desgovernado na Avenida Inajar de Souza, na Vila Palmeiras, na Zona Norte da Capital, na tarde desta quarta-feira (27). As vítimas foram levadas para o Pronto Socorro da Santa Casa. Uma delas teve traumatismo craniano. As vítimas foram atropeladas quando atravessavam no corredor de ônibus. As informações são do SPTV.

Os bombeiros disseram que a mulher, de 31 anos, apresentava o quadro mais grave. Julia Silva, de 8 anos, está com quadro estável e espera avaliação medica. Talita Silva, de 9 anos, foi examinada e recebeu alta.

O motorista, que trabalha para a subprefeitura Freguesia do Ó/Brasilândia, ia buscar o subprefeito quando atropelou a mulher e as crianças. “O trânsito parou de repente, eu desviei para não bater na traseira do carro e o pessoal atravessou correndo aqui na frente”, afirmou o motorista.

Testemunhas que viram o acidente contestam a versão do motorista. “Ele veio a milhão pelo corredor. Tinha três meninas atravessando e ele deu no meio. Ele até tentou fugir, ligou o carro, a gente não deixou, seguramos ele. Depois, chegou todo mundo e ele ficou de boa”, contou um comerciante da região.

Em nota, a Subprefeitura de Freguesia do Ó/Brasilândia disse que vai investigar a conduta do motorista, que também deverá ser objeto de inquérito da Polícia Civil.

A Subprefeitura disse ainda que o motorista permaneceu no locou, prestou auxilio às vítimas e que irá comparecer voluntariamente à delegacia para dar todos os esclarecimentos.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Subprefeitura da Casa Verde/Cachoeirinha/Limão ignora a Lei Cidade Limpa

Atualizado em 28/06/2016 - 11,50 horas

Infração a Lei da Cidade Limpa

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou, no último dia 26, projetos que liberam a publicidade em bancas de jornais e pontos de taxi, mandando a Lei da Cidade Limpa as cucuias. Os dois projetos de lei foram aprovados em primeira votação. Ainda precisam ser votados mais uma vez. Se forem aprovados, vão para análise do Prefeito Fernando Haddad, que pode vetar ou sancionar.

Alguns vereadores e até mesmo o prefeito não disfarçam quando o assunto é a referida lei, o vereador Wadih Mutran (PDT), em algumas entrevistas já pediu o fim da lei, o prefeito por várias vezes deixou claro que a lei não é de interesse de sua administração.

Aqui pela região  a lei sempre esteve ignorada pela atual gestão, basta uma caminhada de 500 metros e o descaso vem a vista.

Esta é uma matéria prometida em nossa postagem anterior, sobre os casos e descasos da atual legislatura municipal.

Fica a dica!

Atualização:

Em nota, a Subprefeitura da Casa Verde/Cachoeirinha responde:

"A Subprefeitura Casa Verde/ Cachoeirinha informa que em momento algum deixou de atender as demandas da Lei Cidade Limpa apesar do reduzido número de agentes vistores e das inúmeras atribuições da Supervisão de Fiscalização que cuida de aproximadamente 600 ( seiscentas ) leis e decretos. Inclusive todos os finais de semana são efetuados plantões para coibir a publicidade imobiliária."

Na opinião do blog, explica mas não justifica.


Feira do rolo destrói vegetação do canteiro central da avenida Inajar de Souza

Atualizado em 28/06/2016 - 11,30 horas.

Destruição no canteiro central da avenida Inajar de Souza


Em atividade desde agosto de 2013, feira do rolo funciona todos os domingos sem interferência do poder público.

Vez ou outra aparece alguma fiscalização, como ocorrido no último dia  19/06, sem continuidade tudo volta ao normal.

A destruição da vegetação no canteiro central é apenas um rastro da incompetência da atual administração municipal.

Atualização:

Em nota, a Subprefeitura da Casa Verde/Cachoeirinha responde:

"A Subprefeitura Casa Verde/Cachoeirinha informa que a degradação da vegetação se deve ao uso intenso com peso excessivo sobre o gramado; a depender de recursos que no momento não o temos disponíveis, poderemos analisar a reforma ou revitalização deste trecho e demais trechos que carecem de recomposição de vegetação e melhorias diversas."

Na opinião do blog, seria muito mais interessante o combate a feira do rolo, evitando assim a degradação da vegetação do canteiro central e o comércio irregular na região.


Publicidade

Postagens populares