Publicidade

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Greve deixa pacientes sem atendimento nos hospitais gerais de Taipas, Vila Penteado e Vila Nova Cachoeirinha

Sala de atendimento da Ama Parada de Taipas lotada por causa de greve de médicos

Léo Arcoverde do Agora
A greve dos médicos da rede estadual deixou sem atendimento pacientes com consultas marcadas e até os em situação de urgência em três hospitais da zona norte de São Paulo.
A paralisação de 24 horas dos médicos por melhores salários afetou o atendimento nos hospitais gerais de Taipas, Vila Penteado e Vila Nova Cachoeirinha.
Segundo o Sindicato dos Médicos de São Paulo, a categoria pode voltar a cruzar os braços, caso não tenha as reivindicações atendidas.
A Secretaria de Estado da Saúde nega a paralisação nos serviços.
Resposta
A Secretaria de Estado da Saúde negou que tenha havido paralisação nos serviços nos três hospitais da zona norte visitados pela reportagem ou falta de médicos. Em toda rede, "menos de 1% dos atendimentos foi prejudicado pela greve".
A pasta admitiu que o hospital de Vila Penteado reagendou atendimentos. Disse que grevistas orientaram pacientes a ir a postos de saúde.
A secretaria disse, ainda, que marcará consultas para os pacientes citados pela reportagem.
Juntos, Taipas e Cachoeirinha atenderam em seus prontos-socorros 1.007 pacientes ontem, até as 14h.

Publicidade

Postagens populares