Publicidade

domingo, 22 de dezembro de 2013

Relator do Orçamento de 2014, rejeita emenda parlamentar para reforma de calçada na Inajar de Souza

Trecho de calçada na av. Inajar de Souza, entre as ruas Itupava e Ouvidio José Antonio Santana- na Vila Vica - reforma ficou fora do orçamento 2014
Preocupado com a condição precária que se encontra este trecho de calçada, descrente nas Audiência Públicas do Orçamento promovidas pela Câmara Municipal, procurei o Vereador Gilberto Natalini (PV), que atendeu minha solicitação e incluiu entre suas emendas parlamentares ao Orçamento de 2014 o valor de R$ 250 mil para reformas no local.

Infelizmente o relator Paulo Fiorilo (PT) rejeitou todas as emendas apresentadas pelo vereador -72 no total-, inclusive a nossa, deixando o problema nas mãos de Deus. O vereador Paulo Fiorilo é aquele que andou emporcalhando nossa região na época de campanha eleitoral atrás do nosso voto.

Nas próximas eleições, pense melhor quem merece seu voto na região!

Fica o registro!

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Largo do Japonês é reinaugurado com obras inacabadas

Reinaugurado no final de semana (14/15)
Clique na imagem para ver mais fotos
A revitalização do largo trouxe a sensação de uma qualidade de vida melhor para os frequentadores do local. Com a reinauguração no último final de semana (14/15) com obras no entorno inacabadas, você pode ver as fotos do local clicando aqui, as promessas feitas pela Subprefeitura da Casa Verde / Cachoeirinha foram atendidas parcialmente -até que se acabem as obras, é lógico- conforme você pode ler matéria publicada neste blog em 22/09/2012 -leia aqui-.

Apesar do valor gasto na obra, em torno de um milhão de reais, nada foi feito em termos de assistência aos moradores de rua que continuam morando em barracas na rua Julião Ferreira da Silva -ao lado do Bradesco-.

Fica aqui nosso registro!

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Desleixo da administração municipal e falta de educação da população

O homem pisou na Lua em 20 de julho de 1969, porém, até hoje (século XXI) não consegue encontrar o local para descarte de seu lixo
Ponto viciado de descarte de lixo e entulhos na avenida Inajar de Souza, altura do nº 4750

A falta de frequência na coleta, transforma espaços públicos em pontos viciados de descarte de lixo e entulho. 

Não é preciso lembrar que estamos em plena temporada de chuvas, sabemos onde este lixo irá parar e suas causas.

A responsabilidade pela zeladoria neste local é da SUBPREFEITURA FREGUESIA DO Ó / BRASILÂNDIA.

sábado, 7 de dezembro de 2013

Moradores da Zona Norte debatem revisão do Plano Diretor

PDE4

A Câmara realizou neste sábado (7/12), a 34ª audiência pública para debater o novo Plano Diretor Estratégico (PDE) da cidade, que está em tramitação na Casa. Realizada na quadra da escola de samba Rosas de Ouro, na Freguesia do Ó, a audiência da macrorregião Norte contou com a participação de centenas de moradores, líderes comunitários e subprefeitos de diversos bairros da região.

O evento foi aberto pelo vereador Nabil Bonduki (PT), relator do projeto na Comissão de Política Urbana. Para Bonduki, a participação popular nesse processo de revisão do PDE é algo inédito na história da cidade. “Acho que a Câmara nunca se organizou tanto para promover um debate”, ponderou o petista. No total, serão 45 audiência para discutir o assunto.

Em sua fala, o presidente da Câmara, vereador José Américo (PT), destacou a ampla divulgação da revisão, que contou com anúncios em jornais, rádios na televisão. “Nós estamos fazendo um esforço muito grande para levar o debate do PDE a cada habitante da cidade”, afirmou.

Também presente ao evento, o vereador José Police Neto (PSD) destacou a necessidade de aproximar o emprego e a moradia na cidade. Embora seja um dos pilares do novo PDE, na opinião de Police ainda é preciso aprimorar o documento para que esse objetivo seja alcançado.

“Ao jogarmos as Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS) para os limites da cidade, sem levar emprego, estamos promovendo uma cidade insustentável. Por isso é importante sobrepor essas regiões aos chamados Eixos de Transformação, que são os locais onde a cidade vai crescer mais”, afirmou

Problemas
A audiência atraiu gente de toda a região. Moradora do Jardim da Conquista, em Perus, onde trabalha na subprefeitura, Artemisa Gondim foi ao evento com a esperança de que o novo Plano Diretor ajude comunidades como a dela a saírem da clandestinidade.

“Minha maior expectativa é que o Plano abra espaço para a mudança do zoneamento. Em Perus, onde 70% dos imóveis são irregulares, é muito difícil promover a regularização fundiária, porque grande parte das pessoas vivem em áreas de proteção ambiental”, comentou.

pde5
Para José Américo, esse é um dos grandes desafios da cidade, conciliar o direito à moradia e a preservação do meio ambiente, principalmente nas bordas da cidade, onde a expansão da mancha urbana continua. Na opinião dele, é possível incentivar os donos de áreas verdes a preservarem suas propriedades, concedendo o direito de construir acima do permito em outros locais.

Américo também enfatizou o papel regulador do PDE. “Nós temos aqui um exemplo de crime ambiental cometido pelo próprio Estado, que é o trecho norte do Rodoanel. O Plano Diretor serve para isso também, para colocar travas à destruição ambiental”, comentou o vereador.

O calendário com as datas e locais das próximas audiências públicas estão disponíveis no hotsite planodiretor.camara.sp.gov.br. Na página, também é possível ver o projeto em tramitação e contribuir com a formulação do texto, que deve ser votado no início do próximo ano.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Rosas de Ouro recebe última grande audiência do Plano Diretor

A última grande audiência pública regional do Plano Diretor Estratégico ocorre nesse sábado (7/12), das 10h às 14h, na quadra da Escola de Samba Sociedade Rosas de Ouro, no bairro do Limão, na zona norte da capital. O encontro, que é aberto à participação da população, terá transmissão ao vivo da TV Câmara São Paulo.

Das 45 audiências previstas, quatro foram selecionadas para ocorrer em espaços de maior capacidade, de modo a comportar a presença de um grande público. As três primeiras foram realizadas no CEU Jambeiro (zona leste), CEU Vila Rubi (sul) e SESC Pinheiros (oeste).

“As audiências públicas são o espaço ideal para fazer o debate democrático relacionado à revisão do Plano Diretor. É muito importante que a sociedade participe ativamente desse processo, já que se trata de um assunto que envolve o desenvolvimento futuro da nossa cidade. Por isso é essencial que façamos a discussão desse projeto para que possamos definir, consensualmente, quais as propostas mais importantes para São Paulo que queremos construir”, afirma o presidente da Câmara Municipal, vereador José Américo.

ESTRUTURA – A audiência pública do Plano Diretor na quadra da Rosas de Ouro terá transmissão ao vivo pela TV Câmara São Paulo – canal 61.4 (aberto digital) e canais a cabo 7 (digital) e 13 (analógico) da NET.  Quem quiser também poderá acompanhar o debate pela Web Rádio Câmara São Paulo.

A Comissão de Política Urbana será responsável pela condução das discussões. As pessoas poderão se inscrever na hora e apresentar suas sugestões. Há também a possibilidade de enviar as considerações pelo site específico do Plano Diretor (www.camara.sp.gov.br/planodiretor). Todos os comentários enviados por meio eletrônico passarão por análise técnica da Comissão e serão devidamente respondidos.

Para dar suporte ao debate haverá a distribuição da revista Arte&Política, que traz entrevistas e depoimentos de artistas e vereadores sobre o Plano Diretor, além de uma cartilha específica com orientações voltadas ao tema. A divulgação da audiência conta também com inserções publicitárias nos principais veículos de comunicação (TV, rádios, portais noticiosos e mídia impressa).

SERVIÇO

Última grande audiência pública do Plano Diretor Estratégico
Sábado (7/12), das 10h às 14h
Quadra da Escola de Samba Sociedade Rosas de Ouro
Rua Coronel Euclides Machado, 1.066, Limão – próximo à Ponte da Freguesia do Ó
Entrada franca

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Guarda civil é morto ao tentar impedir assalto na Brasilândia

Guarda interveio em roubo de carga na Brasilândia, diz PM. 
Houve troca de tiros e suspeito também acabou baleado.

Do G1 São Paulo

Um guarda civil metropolitano foi morto ao tentar impedir um assalto a um caminhão na região da Brasilândia, Zona Norte de São Paulo, na tarde desta terça-feira (3). De acordo com a Polícia Militar, um homem, suspeito de ter realizado os disparos, foi detido. Ele também foi baleado, mas não se feriu gravemente.
O crime aconteceu por volta das 12h25. O guarda passava pela Rua Manuel Nascimento Pinto quando viu um homem armado rendendo o motorista de um caminhão. Segundo a Polícia Civil, o criminoso pretendia roubar a carga do veículo. A polícia, no entanto, até as 16h desta terça, não sabia informar o que era transportado pelo automóvel.
Ao presenciar a ação, o guarda civil tentou impedir, mas o suspeito não se entregou e um tiroteio teve início. Na troca de tiros, tanto o guarda como o homem acabaram baleados. O socorro foi acionado e atendeu os dois feridos. O guarda civil foi levado ao Hospital Geral Vila Nova Cachoeirinha, mas morreu.
O suposto assaltante também foi encaminhado ao pronto-socorro. Ele foi atendido e, sem ferimentos graves, liberado na sequência. De lá, foi conduzido por policiais ao 74º Distrito Policial, no Jaraguá, onde o caso era registrado nesta tarde.

sábado, 30 de novembro de 2013

Orçamento 2014 - Casa Verde / Cachoeirinha, você pode enviar sugestões

A subprefeitura da Casa Verde/ Cachoeirinha terá um orçamento de R$ 40.621.019 em 2014 e as maiores quantias serão destinadas à requalificação e promoção da ocupação dos espaços públicos, e para políticas que visem os direitos da pessoa com deficiência. Confira abaixo todos os gastos previstos para o ano que vem:
  
AçõesValor (R$)
Acesso à cultura500.000
Acesso à moradia adequada7.764.375
Ações e serviços da saúde3.042.857
Direitos da pessoa com deficiência10.603.307
Melhoria da drenagem urbana e proteção das bacias hidrográficas1.328.815
Melhoria da mobilidade urbana universal6.036.627
Melhoria da qualidade e ampliação do acesso à educação8.240.963
Modernização e descentralização da gestão e prestação de serviços2.000
Participação, transparência e controle social da administração pública50.000
Prevenção e Proteção às Vítimas da Violência3.871
Requalificação e promoção da ocupação dos espaços públicos4.430.890

Você concorda com o montante que irá para cada ação? Tem alguma sugestão? Colabore aqui com o Orçamento.

Mudança na linha 117Y - COHAB Antártica - Pinheiros começou vigorar hoje

Passageiros fazem a transferência no novo terminal
Registramos na data de hoje, o início das operações do novo terminal de transferência, na avenida Inajar de Souza, próximo ao terminal Cachoeirinha. Num dia de sábado, as operações ocorrem na maior tranquilidade. A expectativa fica para a segunda-feira, quando o movimento volta ao normal.

Com veículos novos e bastante conforto, a impressão que temos é que mudou consideravelmente as condições nesta linha que era precária com falta de veículos e superlotação. O ponto negativo fica por conta da linha 2013/10 COHAB Antártica - Cachoeirinha,  que continua sendo operada pela TRANSCOOPER FÊNIX, incluindo micro-ônibus na linha.

Entenda como fica a partir de hoje:

Com nova denominação: 2013/10 COHAB Antártica - Cachoeirinha.

Para seguir até o Metrô Barra Funda e Pinheiros, utilize a nova linha 209P/10 Cachoeirinha - Term. Pinheiros, operada pela Sambaíbaque atende as Avs. Inajar de Souza e Marquês de São Vicente, Term. Barra Funda, Av. Sumaré, Rua Cardeal Acoverde e Terminal Pinheiros com veículos novos, modelo "super articulado".

Veículo novo, modelo "super articulado", operado pela Viação Sambaíba.
No local faltou a faixa exclusiva para ônibus, esperamos que superem nossa ansiedade e logo seja implantada, para facilitar o controle de veículos.


Confira itinerários no site da SPTRANS

Veja mais fotos do Local

domingo, 24 de novembro de 2013

Nova Estação de Transferência começa funcionar no sábado, dia 30/11/2013


A SPTrans fará ajuste na linha 117Y/10 COHAB Antártica - Pinheiros, conforme segue:

A partir de 30/11/2013, a linha terá ponto final na Vila Nova Cachoeirinha.

Sua nova denominação será: 2013/10 COHAB Antártica - Cachoeirinha.

Para seguir até o Metrô Barra Funda e Pinheiros, utilize a nova linha 209P/10 Cachoeirinha - Term. Pinheiros, operada pela Sambaíbaque atenderá as Avs. Inajar de Souza e Marquês de São Vicente, Term. Barra Funda, Av. Sumaré, Rua Cardeal Acoverde e Terminal Pinheiros com veículos novos, modelo "super articulado".

Informações: ligue 156 - www.sptrans.com.br


quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Tampa de bueiro quebrada na Cedro Branco


Passando pela Rua Cedro Branco, esquina com Rua Puxinanã, na Vila Rica, registrei esta tampa de bueiro quebrada há mais de uma semana.

Abri uma solicitação no SAC da Prefeitura que levou o nº 11937871 - 20/11/2013

Registrado!

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

O retrato do bairro

Esquina da av. Parada Pinto com rua Caxipó Mirim 
Nos últimos cinco anos -tempo em que mantenho este blog- tenho recebido várias críticas de pessoas que não se conformam com o fato de eu estar sempre mostrando os problemas da região. Minha resposta é e será sempre a mesma: Minha missão é apontar os problemas e solicitar soluções, as coisas boas existem muitas publicações que mostram. Faço um trabalho voluntário em prol da região que me acolhe há trinta e cinco anos, quando cheguei a cidade, não tenho compromisso com políticos ou quem quer que seja que fale em nome do bairro. Sou uma andorinha que voa sozinho e faço muito barulho, os incomodados que façam o mesmo e mostrem seu lado.

Em minha caminhada de hoje, passei pelo do Largo do Japonês, por volta das sete horas, e registrei a calamidade que está a região em termos de varrição. Esta região pertence a Subprefeitura da Casa Verde / Cachoeirinha, onde o Subprefeito é o Sr. Rubens Brandão de Souza e o Chefe de Gabinete é Toshiyuki Takeda -indicado ao cargo pelo PTB-.

Há algum tempo tenho notado que a varrição, que era feita por duas pessoas, está sendo feito por apenas um funcionário. Antes um funcionário varria e juntava o lixo, enquanto outro vinha com o carrinho coletando. Agora um só funcionário faz a varrição e coleta, não precisa ser especialista para perceber que com isso o serviço rende menos e cansa mais o funcionário em questão.

Encontrei um desses funcionários, cumprimentei-o e perguntei: Onde está seu parceiro? Ele respondeu: "Bom dia Senhor, meu parceiro aqui é Deus". Continuei e lhe perguntei sobre o trabalho, disse-me sem parar ou me dirigir o olhar, que agora trabalha sozinho e que a área de atuação aumentou ainda mais, apenas nas ruas principais do bairro. Agradeci, desejei-lhe bom trabalho e continuei minha caminhada.

Rua Félix Alves Pereira- Jd. Centenário
Hoje não vou criticar o Prefeito, ele tem mais o que fazer caçando corruptos, cheguei a conclusão que todos levam o mesmo carimbo na testa não importa o cargo que exerça.

Registrado!

domingo, 17 de novembro de 2013

Cratera na avenida General Penha Brasil

Avenida General Penha Brasil, altura do nº 2306, Jardim dos Francos - 17/11 - 20:00

Obra inacabada, possivelmente de responsabilidade da SABESP, causa transtornos aos motoristas que trafegam pelo local. 
Risco de acidentes, local sem sinalização!

Registrado!

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Subprefeitura convida população para a realização de Audiência Pública

Nessa reunião será discutido e apresentado o Plano Plurianual 2014/2017 e sua regionalização
Imagem do post
A Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sempla) está organizando as audiências públicas regionais com o intuito de tratar da priorização das metas para a LOA 2014 e definir o Plano de Obras das subprefeituras. Sendo assim, a audiência da Subprefeitura de Casa Verde esta programada para acontecer no sábado, dia 23 de novembro das 09 às 13h, no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, localizado na Avenida Deputado Emilio Carlos, 3.641.

Nessas reuniões a proposta principal é expor como foi elaborado o Plano Plurianual 2014/2017 e sua regionalização, demonstrar quais as metas previstas para a Lei Orçamento Anual de 2014, destacando aquelas priorizadas pela população nas audiências de agosto e ajudando a construir uma metodologia participativa para definir o Plano de Obras das Subprefeituras.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Obras de Revitalização no Largo do Japonês já estão a todo vapor

Os serviços começaram no dia 14 de outubro com previsão de término em dezembro de 2013


Imagem do post
Equipes da Subprefeitura Casa Verde/Cachoeirinha trabalham exaustivamente nas obras de revitalização e readequação geométrica do traçado viário no Largo do Japonês. O largo, que foi habitado por descendentes de japoneses, receberá um tratamento arquitetônico em estilo oriental em todo a sua extensão, homenageando a sua origem. A base policial, a banca de jornais e o ponto de taxi, serão remodelados de acordo com a arquitetura nipônica.
No local , está previsto novos jardins, com plantios de árvores tropicais e floreiras de três formas, alta, média e baixa com diversas flores típicas do Japão. O passeio de pedestre será construído com piso de concreto bambolê em forma de Y na cor cinza (que significa no ideograma japonês “gente”) com rampas para acessibilidade.
A rua ao lado que não possui código de logradouro será reintegrada à praça que assim aumentará o seu tamanho. Os bancos e mesas utilizados pela “Melhor idade” serão mantidos. No local, será construído também um estacionamento para bicicletas.
O Largo do Japonês possui confluência de cinco importantes avenidas do bairro, que têm tráfego de transportes individuais, coletivos (ônibus articulados) e de carga. O comércio local traz grande fluxo de pedestres e automóveis, motivo pelo qual também será implantada uma rotatória, melhorando assim, o direcionamento do trânsito.
Serão feitos ainda, serviços de drenagem e limpeza de bocas de lobos nas principais avenidas ao redor do Largo, como a avenida Imirim, a Parada Pinto e a Deputado Emilio Carlos.
O preço total da obra irá girar em torno de R$ 999.934,75, com recurso adquirido da FUNDURB – Fundo de Desenvolvimento Urbano. A entrega da praça com o visual renovado, será entregue no mês de dezembro.
Segundo o Subprefeito, a meta é tornar os espaços públicos cada vez mais agradáveis para o lazer e a satisfação da população.
A Subprefeitura pede a compreensão de todos durante a realização dos trabalhos.
Fonte: Site Subprefeitura da Casa Verde

Acompanhe o andamento da obra, clique aqui!

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Para Fernando Haddad Cachoeirinha se equipara a bairros nobres da cidade

Fiquei espantado hoje, quando consultando a relação de reajuste do IPTU por distritos e, entre os bairros com maior valorização imobiliária encontrei nossa querida Cachoeirinha.

Como tenho publicado por aqui diversas reclamações, sem soluções, acredito que à partir de agora os serviços prestados por esta administração também se equipararão aos prestados nos Jardins, Bela Vista e Morumbi entre outros.

Com reajuste de 19,70% no IPTU para 2014, nosso bairro está entre os mais valorizados da cidade. Precisamos lutar pela igualde de condições na qualidade de vida também.

Aprovado na Câmara Municipal, ontem, o Projeto de Lei nº 711/2013 que altera o valor do IPTU, com apoio de 29 vereadores petistas e simpatizantes contra 26 votos contrários. Agora o Projeto vai a sanção do Prefeito.

Confira como fica o reajuste do IPTU distrito por distrito:

Distrito
Aumento médio
Água Rasa
11,30%
Alto de Pinheiros
19,80%
Anhanguera
-10,00%
Aricanduva
0,20%
Artur Alvim
1,40%
Barra Funda
13,40%
Bela Vista
19,50%
Belém
12,40%
Bom Retiro
13,20%
Brás
19,40%
Brasilândia
2,70%
Butantã
8,80%
Cachoeirinha
19,70%
Cambuci
15,40%
Campo Belo
17,10%
Campo Grande
3,60%
Campo Limpo
-2,70%
Cangaíba
0,50%
Capão Redondo
0,70%
Carrão
8,70%
Casa Verde
5,70%
Cidade Ademar
2,70%
Cidade Dutra
-1,80%
Cidade Líder
-11,50%
Cidade Tiradentes
1,20%
Consolação
19,10%
Cursino
14,80%
Ermelino Matarazzo
-7,90%
Freguesia do Ó
1,20%
Grajaú
3,80%
Guaianases
-2,70%
Iguatemi
-5,40%
Ipiranga
15,90%
Itaim Bibi
19,10%
Itaim Paulista
-4,80%
Itaquera
-3,90%
Jabaquara
5,40%
Jaçanã
-1,50%
Jaguara
8,50%
Jaguaré
2,00%
Jaraguá
12,50%
Jardim Ângela
2,40%
Jardim Helena
-5,40%
Jardim Paulista
19,50%
Jardim São Luís
-1,00%
José Bonifácio
1,70%
Lajeado
-1,00%
Lapa
17,50%
Liberdade
19,20%
Limão
5,30%
Mandaqui
8,70%
Marsilac
-2,40%
Moema
19,50%
Mooca
10,50%
Morumbi
17,00%
Parelheiros
-0,80%
Pari
14,70%
Parque do Carmo
-12,10%
Pedreira
2,40%
Penha
9,20%
Perdizes
19,00%
Perus
1,60%
Pinheiros
19,10%
Pirituba
-1,20%
Ponte Rasa
-0,60%
Raposo Tavares
-2,30%
República
19,70%
Rio Pequeno
4,40%
Sacomã
8,30%
Santa Cecília
19,60%
Santana
18,00%
Santo Amaro
10,50%
São Domingos
6,60%
São Lucas
1,00%
São Mateus
-1,00%
São Miguel
-9,10%
São Rafael
-8,60%
Sapopemba
-4,50%
Saúde
17,40%
19,80%
Socorro
7,60%
Tatuapé
15,30%
Tremembé
7,40%
Tucuruvi
9,40%
Vila Andrade
7,50%
Vila Curuçá
-4,80%
Vila Formosa
12,90%
Vila Guilherme
7,80%
Vila Jacuí
-9,70%
Vila Leopoldina
15,40%
Vila Maria
5,10%
Vila Mariana
19,80%
Vila Matilde
1,80%
Vila Medeiros
4,50%
Vila Prudente
9,80%
Vila Sônia
7,60%

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Relógio com propaganda chega antes do semáforo e faixa para pedestres

Relógio com painel para propaganda está sendo instalado na esquina da avenida Jerônimo de Andrade com Inajar de Souza
Estamos aguardando desde julho a instalação de um semáforo para pedestres nesta esquina, você pode ler a matéria publicada no início deste mês, e a respectiva faixa que pleiteamos há muito tempo.

Parece que venceu a inutilidade, digo inutilidade porque na era do celular pouca gente procura estes relógios em busca de informação de horário -basta sacar do bolso e você tem a informação na palma da mão e sem publicidade-.

A segurança nesta esquina está ficando para segundo plano, sabe-se lá quando a CET providenciará a instalação e a pintura das faixas no local.

Fica o alerta!

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Em obra, Estação de Transferência divide opiniões de usuários


A  linha: 117Y-10 COHAB ANTARTICA / PINHEIROS ganhará uma Estação de Transferência na avenida Inajar de Souza, próximo ao Terminal Vila Nova Cachoeirinha. Informações extra-oficiais, uma vez que não conseguimos identificar nenhuma informação a respeito junto aos órgãos oficiais.

Informações dão conta de que o itinerário a partir daí será operado pela Sambaíba com ônibus articulados de maior capacidade. O certo é que esta linha anda super-lotada e deixando muito a desejar.

Apesar da promessa de melhorias, passageiros reclamam da transferência, pelo menos é que se ouve no interior dos veículos com bastante frequência.

Solicitamos informações oficiais junto a SPtrans e a SPObras, estamos aguardando resposta, tão logo a recebamos atualizaremos esta matéria.

Aproveitamos para manifestar nossa insatisfação com as árvores, plantadas na gestão anterior, em pleno desenvolvimento -as mais antigas foram preservadas- que foram retiradas do local e replantadas sem o mínimo cuidado. Duas delas secaram e uma está agonizando.

Árvores replantadas sem o mínimo cuidado estão secas

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

República das Caçambas!


"Transportadora" de entulhos continua usando a rua Róssio do Carmo, na Vila Rica, como depósito de caçambas.

Contando com a colaboração da vizinhança, sem noção, que coloca todo o tipo de lixo nelas. Quando aparecem para retirar as caçambas, jogam o excesso no chão e vão embora impunemente. Já que não adianta reclamar a administração incompetente!
 

Em 17/10, abrimos uma solicitação no SAC da Prefeitura, que levou o nº 11865693, sem resposta.

Ontem, a "transportadora" retirou a caçamba que restava no local deixando um rastro de entulhos e lixo no chão (foto abaixo).

Não precisamos lembrar a administração municipal que estamos entrando na temporada de chuvas e, que este lixo e entulho terá seu destino final nos bueiros da região. Isso porque o serviço de varrição não existe no local, apesar da secretária de subprefeituras insistir que a varrição vem ocorrendo normalmente na região, há muito tempo não se vê nenhum funcionário arrastando aquela tradicional vassoura por aqui.

Chegou a hora do trabalho amigos!

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Ocupação é empecilho para construir parque na Brasilândia


A área para a construção do Parque Municipal da Vila Brasilândia, na zona Norte de São Paulo, está ocupada por mais de mil famílias, de acordo com representantes da Prefeitura. A situação precária dessas pessoas que vivem no local foi discutida nesta terça-feira durante audiência pública da Comissão de Meio Ambiente.

De acordo com a diretora da Secretaria de Habitação, Mônica Syrillo, o cadastramento das famílias está sendo realizado. “Até hoje temos 700 famílias inscritas, mas ainda temos pelo menos o dobro para cadastrar”, afirmou.

Apesar da ocupação, sinalizou o diretor do Depave (Departamento de Parques e Áreas Verdes da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente), Milton Persoli, a Prefeitura pretende seguir com o projeto de construção do parque. “Essa área não estava ocupada quando foi comprada, no entanto, quando se foi dar a posse, já tinham famílias na área. Isso dificulta o processo de construção do parque”, disse.

O presidente Movimento Ousadia Popular, Quintino Viana, ressaltou a importância de oferecer moradia para essas famílias. “Precisamos defender a construção do parque na Vila Brasilândia, mas também precisamos garantir que as pessoas tenham direito a morar em um local seguro, o que não acontece onde essas famílias estão hoje”, declarou.

Para a vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente, vereadora Sandra Tadeu (DEM), a situação dessas famílias é preocupante. “O período de chuvas está chegando e temos mais de mil famílias vivendo nessa área de risco. É necessário que seja feito algo porque o que parece é que essa invasão só tem aumentado”, analisou.

O vereador Natalini também defendeu a necessidade de oferecer casas para essas famílias. “Não somos contra a luta pela moradia, pelo contrário, defendemos esse direito. Por isso, a Prefeitura poderia cadastrar e buscar áreas seguras para construir casas para essas pessoas. Mesmo porque a invasão acontece em uma área de preservação ambiental”, disse.


quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Vila Nova Cachoeirinha sofre com urbanização desordenada

Cerca de 20% dos moradores do bairro moram em favelas. Uma área está contaminada por influência do Rio Tietê.



terça-feira, 15 de outubro de 2013

Este é o Bairro que queremos?

Moradores de rua transformam calçada em residência e o lixo toma conta da rua Julião Ferreira da Silva, no Largo do Japonês, pedestres são obrigados a circularem pela rua colocando a vida em risco.

Enquanto nosso prefeito curte férias na Itália, após 10 meses de mandato, a Subprefeitura da Casa Verde/Cachoeirinha -com novo Subprefeito- deixa a desejar no cumprimento de suas funções mínimas.

Rua Julião Ferreira da Silva - Largo do Japonês - Vila Nova Cachoeirinha.

Rua Julião Ferreira da Silva - Largo do Japonês - Vila Nova Cachoeirinha.
Fotos de hoje, por volta das 10,00 horas.

sábado, 12 de outubro de 2013

Por onde anda a fiscalização da Lei Cidade Limpa?

Cobal Supermercados - Av. Inajar de Souza, 5.646 
Supermercado continua desrespeitando a lei, contando com a ineficiência -ou descaso se preferir- da fiscalização da Subprefeitura da Casa Verde/Limão/Cachoeirinha.

Como acreditamos que a lei é para todos, sem exceção, abrimos uma solicitação no SAC da Prefeitura que levou o número 11856589 e vamos ficar de olho.

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Faixa exclusiva para ônibus na avenida Itaberaba

Trecho completo entre a Inajar de Souza e Deputado Emílio Carlos
Trecho entre as avenidas Inajar de Souza e Deputado Emílio Carlos 
A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) inaugurou nesta segunda-feira (7) novos trechos de faixas exclusivas para ônibus em 15 vias da capital paulista. Entre eles uma na região da Vila Nova Cachoeirinha com mais ou menos 200 metros, em frente ao terminal.

Depois desta inauguração, a região nunca mais será a mesma. Aliás, nem sei como sobreviveu tanto tempo sem ela!

Para ver mais fotos, clique na imagem acima!

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Em breve, esquina da Inajar de Souza com Jerônimo de Andrade ganhará semáforo para pedestres

Esquina das avenidas Inajar de Souza x Jerônimo de Andrade
Atendendo nossa indicação, por intermédio do Vereador Gilberto Natalini - PV, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) avaliou e elaborou projeto semafórico para o cruzamento.

Em resposta, a CET informa que o projeto será executado de acordo com o cronograma de implantação da Diretoria de Sinalização da Companhia. O que esperamos seja urgente, assim como a pintura das faixas de pedestres.

Continuaremos no  aguardo!

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Descaso do ILUME mantém lâmpadas acesas por mais de 60 dias na Vila Rica

Problema solucionado em 27/09/2013

Atualizado em 26/09/2013 - às 7,30 horas 
Rua Cedro Branco, Vila Rica, iluminada durante as 24 horas do dia.
Mais fotos, clique aqui!
Quando fiz este registro em 01/08/2013, as lâmpadas na região já estavam nesta situação há pelo menos uns quinze dias.

Na mesma data abri uma solicitação no SAC da Prefeitura (ILUME) que levou o nº 081349236 pelo telefone: 08007790156, pelo que constato serve apenas para ilustrar propagandas da Prefeitura.

Passando pelo local hoje, fiz os registros abaixo para mostrar que a situação continua a mesma:

Quadras do CDC Vila Rica
Rua Cedro Branco e quadra do CDC Vila Rica

Pátio da EMEI Vila Rica
Esquina com a Rua Cedro Branco, em frente a EMEI Vila Rica
Sabemos que nosso país ainda não é auto-suficiente na produção de energia elétrica, enquanto campanhas e mais campanhas são veiculadas em emissoras de rádio e televisão, pedindo economia de energia elétrica, acontece um descaso deste em plena cidade de São Paulo.

Obrigado ILUME, a NATUREZA e o MEIO AMBIENTE agradecem!

Minha opinião:

INCOMPETÊNCIA PURA!

Atualização 22/09/2013 - 8,30 horas:
Reclamação veiculada no programa CBN/SP - com Thiago Barbosa

Houve um tempo em que se veiculava reclamação na imprensa e o problema era resolvido de imediato, hoje o descaso é tão grande que não estão nem aí com a população.

Atualização 26/09/2013

Em contato mantido com  o ILUME, ontem, fomos informados que uma equipe esteve no local para verificação em 29/08 às 18,20 horas e não foi encontrado nenhum problema.
A pergunta que fica, a reclamação refere-se a lâmpadas acesas durante o dia e a vistoria é feita no início da noite. Isso pode?

Foi aberto um novo protocolo com o nº 091378928 com prazo para verificação de 72 horas.

Continuaremos de olho!

Publicidade

Postagens populares