Publicidade

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Avenida Inajar de Souza fará parte da área restrita pelo rodízio de veículos a partir de março ou abril

Pelo estudo, que será discutido no dia 15, restrição passaria a valer em grandes avenidas como Brás Leme, Radial Leste e Francisco Morato; medida deve começar até abril

Caio do Valle - O Estado de S. Paulo
Sinalização vai indicar começo e fim da área do rodízio - Divulgação
Divulgação
Sinalização vai indicar começo e fim da área do rodízio
Um estudo divulgado na manhã desta quinta-feira, 9, pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) propõe aumentar o rodízio municipal de veículos para mais 400 vias - ou 371 quilômetros lineares - de São Paulo, incluindo áreas periféricas. A restrição passaria a valer em grandes avenidas como Brás Leme, Radial Leste, Aricanduva, Professor Francisco Morato e Inajar de Souza. São eixos que estão fora dos 150 km² do centro expandido, área onde o rodízio vigora desde 1997. O secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, afirmou que a medida pode começar a vigorar "em março ou abril".
A proposta, no entanto, ainda será levada no próximo dia 15 ao Conselho Municipal de Trânsito e Transporte (CMTT), "para ser discutida com a sociedade e especialistas", segundo a CET, que poderão fazer recomendações ao projeto. O conselho é presidido pelo próprio Tatto.
Leia a matéria completa no Estadão.com.br

Publicidade

Postagens populares