Publicidade

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Contrato da Prefeitura com Viação Sambaíba é irregular, diz TCM

Mudança na linha 117Y - COHAB Antártica - Pinheiros começou vigorar hoje

Caio do Valle e Diego Zanchetta - O Estado de S. Paulo 

Para órgão de fiscalização, idade da frota, superlotação e sujeira são alguns dos itens que desrespeitam contrato; entre 2005 e 2006, prejuízo aos cofres públicos teria chegado a R$ 260 milhões 

O Tribunal de Contas do Município (TCM) julgou irregular a execução do contrato entre a Viação Sambaíba, uma das maiores da capital paulista, e a Prefeitura. A concessionária transporta, por dia, 801 mil passageiros. Segundo o órgão fiscalizador, o prejuízo aos cofres públicos chegam a R$ 260 milhões -- em valores atualizados para agosto deste ano, a cifra sobe para R$ 460 milhões. A decisão foi tomada na quarta-feira, 1.º, em virtude de problemas que incluem problemas de limpeza e superlotação dos veículos.

A medida é o acolhimento, por unanimidade dos conselheiros do tribunal, do relatório e do voto, em 20 de agosto, do conselheiro-presidente do TCM, Edson Simões, que havia considerado irregular a execução contratual de R$ 1,3 bilhão da empresa com o governo municipal.

Continue lendo a matéria no Estadão

Publicidade

Postagens populares