Publicidade

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Tiroteio deixa feridos na Vila Nova Cachoeirinha

Matéria publicada originalmente pelo Portal G1

Dois suspeitos de assalto foram atingidos pelos disparos.

Um tiroteio deixou feridos na manhã desta quarta-feira (15), na Avenida General Penha Brasil, na região da Vila Nova Cachoeirinha, na Zona Norte de São Paulo, como mostrou o Bom Dia São Paulo.

As informações iniciais indicam que ladrões em uma moto atacaram um motociclista, que era um policial militar. Houve tiroteio. Dois suspeitos ficaram feridos na troca de tiros. Inicialmente, a corporação havia informado que o policial tinha sido ferido, mas corrigiu o dado.

domingo, 12 de outubro de 2014

Perigo no céu

Balão corta o céu de Vila Nova Cachoeirinha, neste domingo por volta das 6,30 horas.


A soltura de balões é crime ambiental conforme aponta o artigo 42 da Lei de Crimes Ambientais no qual fica claro que “fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios nas florestas e demais formas de vegetação, em áreas urbanas ou qualquer tipo de assentamento humano”, é crime. A pena prevista é a detenção de um a três anos, multa ou ambas cumulativamente.

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Contrato da Prefeitura com Viação Sambaíba é irregular, diz TCM

Mudança na linha 117Y - COHAB Antártica - Pinheiros começou vigorar hoje

Caio do Valle e Diego Zanchetta - O Estado de S. Paulo 

Para órgão de fiscalização, idade da frota, superlotação e sujeira são alguns dos itens que desrespeitam contrato; entre 2005 e 2006, prejuízo aos cofres públicos teria chegado a R$ 260 milhões 

O Tribunal de Contas do Município (TCM) julgou irregular a execução do contrato entre a Viação Sambaíba, uma das maiores da capital paulista, e a Prefeitura. A concessionária transporta, por dia, 801 mil passageiros. Segundo o órgão fiscalizador, o prejuízo aos cofres públicos chegam a R$ 260 milhões -- em valores atualizados para agosto deste ano, a cifra sobe para R$ 460 milhões. A decisão foi tomada na quarta-feira, 1.º, em virtude de problemas que incluem problemas de limpeza e superlotação dos veículos.

A medida é o acolhimento, por unanimidade dos conselheiros do tribunal, do relatório e do voto, em 20 de agosto, do conselheiro-presidente do TCM, Edson Simões, que havia considerado irregular a execução contratual de R$ 1,3 bilhão da empresa com o governo municipal.

Continue lendo a matéria no Estadão

Publicidade

Postagens populares